União da Ilha 2018: quatro sambas estão na grande Final

_DSC1786b

Após uma disputa acirrada nas eliminatórias de samba para o carnaval 2018, a União da Ilha escolheu os quatro sambas que estarão na grande final do próximo sábado, dia 30/09, quando escolherá a obra que irá representar musicalmente o enredo “Brasil bom de boca”.

Na semifinal realizada no último sábado (23), cinco parcerias se apresentaram, com direito a bossas da Baterilha e participação do canto das torcidas.

Alexander e Leonardo - Passistas da escola

Alexander e Leonardo –
Passistas da escola

A noite começou com uma bela apresentação do grupo Samba do Amigo Meu. Em seguida, Ito Melodia e seu carro de som brindaram o público com sambas antológicos da União da Ilha, acompanhados da vibrante bateria comandada por Mestre Ciça e seus diretores.

Fernanda Souza - nova Musa da União da Ilha

Fernanda Souza – nova Musa da União da Ilha

A escola aproveitou o momento especial e apresentou à comunidade uma de suas mais novas Musas, a bela e elegante Fernanda Souza. Ciceroneada por Claudinho Guerreiro, que coordena o time de Musas, Fernanda sambou com um lindo vestido azul de pedrarias.

Baianas e a elegante Velha-guarda insulana deram boas vindas ao público e abriram a apresentação dos segmentos. Os Passistas, de branco, coordenados por Andréa Gomes, pareciam pedir Paz. A onda branca, o vai e vem e o requebrado dos quadris, pareciam uma onda branca de alegria e vitalidade. O colorido das Passistas Show foi um espetáculo à parte. O primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, formado por Phelipe Lemos e Dandara Ventapane, fechou com chave de ouro. A overdose de talento e simpatia era a prévia do que estava por vir.

Dandara e Phelipe dando show, como sempre.

Dandara e Phelipe dando show, como sempre.

Grandes nomes do samba insulano e do carnaval estiveram presentes, defendendo a plenos pulmões os sambas concorrentes. Marquinhus do Banjo (grande campeão pela Ilha e outras agremiações), Leozinho Nunes (intérprete oficial da São Clemente), Lucas Donato (intérprete oficial do Engenho da Rainha), Tinga, Alexandre D´Mendes, entre outros, fizeram a quadra cantar com vontade os sambas que defenderam.

Samba concorrente

Samba concorrente

Baterilha - Bonde do Caveira

Baterilha – Bonde do Caveira

O primeiro samba a se apresentar foi o da parceria de Lobo Jr. e cia, seguido dos sambas de Ginho e cia (bastante cantado pela grande torcida animada) e Barbosão e cia (com a sempre vigorosa interpretação de Marquinhus do Banjo). O quarto samba foi de Marcio André Filho e cia. Já passava das 4 horas da manhã quando o quinto samba da noite iniciava sua apresentação, a parceria de Bigode e cia, que apesar do avançado da hora, também apresentou uma das maiores e mais animadas torcidas, com o samba na ponta da língua.

Na manhã de domingo, a Ala dos compositores da escola, presidida por Jorginho Rodrigues, anunciou aqueles que estarão disputando a grande Final. A surpresa ficou por conta da parceria campeã de 2017 não chegar à final este ano, que contará com as seguintes:

 

 

BARBOSÃO e parceiros;
MARCIO ANDRÉ FILHO e parceiros;
BIGODE e parceiros;
GINHO e parceiros.

Antes porém, haverá a audição dos 4 sambas finalistas na terça (26/09) às 20:00, com entrada restrita a componentes e segmentos, na quadra da escola. Os sambas serão cantados pelo intérprete oficial ITO MELODIA, juntamente ao cantor principal de cada parceria.

Confira o registro em fotos completo no Menu – Galeria.


Redação Ziriguidum: contato@ziriguidum.net.br

Fotos: Edson Siqueira/Ziriguidum