Pastora e Matriarca da Portela, Tia Surica critica postura de Noca no episódio da final de samba

surica4

Pastora da Velha Guarda e baluarte, Tia Surica também não gostou nada da postura de Noca durante a final de samba da Portela, que acabou ocasionando a expulsão do compositor da Velha-guarda da azul e branca (leia a matéria aqui: http://ziriguidum.net.br/noca-nao-faz-mais-parte-da-portela/).

Quem entra numa disputa de samba-enredo tem que saber perder também. Se não sabe perder, é melhor nem entrar na brincadeira. O Noca nunca poderia ter este tipo de atitude. É um desrespeito com a nossa Portela. Às vezes ele parece que nem é portelense, porque o portelense preza a imagem da escola acima de tudo. A vitória do samba campeão foi incontestável“, analisou. Inconformada com a briga dentro da quadra, a baluarte defendeu punição severa a todos os envolvidos. “Aquilo (a confusão) nunca tinha acontecido dentro da Portela. É algo inadmissível. Estou muito chateada, porque foi um desrespeito à memória do Falcon e também ao nosso atual presidente“, completou.

A diretoria da ala de compositores da Portela também rebateu as críticas de Noca.

O comunicado diz:

Ao contrário do que o sambista afirmou quando disse que a vitória do samba de Samir foi um desrespeito à ala, Jane Garrido e Walter Alverca, que dividem com Arlindão Mathias o comando do grupo, garantiram que o resultado era mesmo o desejo da maior parte da escola. “Foram 42 votos para o samba campeão, contra cinco para o samba do Noca. O terceiro colocado levou um voto. Houve ainda uma abstenção e uma pessoa que faltou. Foram 50 julgadores, por isso não se pode questionar o resultado de maneira alguma. A diferença de votos já diz tudo”, ressaltou Jane, que lembrou que o critério de julgamento dos sambas – com todos os segmentos com direito a voto – é o mesmo desde 2013, quando a chapa Portela Verdade, tendo Marcos Falcon como vice-presidente, assumiu a escola. Noca, inclusive, que foi o vencedor em 2015, não fez nenhuma reclamação sobre o critério de escolha naquele ano.


Redação Ziriguidum: contato@ziriguidum.net.br

Foto: Estefan Radovicz/O Dia

Deixe seu comentário