Carnaval 2019: Grande Rio e Império permanecem no Grupo Especial

imperioegr

O Conselho da LIESA definiu: Grande Rio e Império Serrano, últimas colocadas na apuração, permanecem no Grupo Especial pra 2019. As escolas aproveitaram o encontro e levantaram o assunto do possível cancelamento do rebaixamento, que vitimou as duas escolas. Sendo assim, a votação confirmou a reviravolta.

Para pedir a exclusão do rebaixamento, a Grande Rio se baseou no precedente aberto em 2017, quando a Unidos da Tijuca entrou com um recurso administrativo, antes da apuração, pedindo o não descenso por conta do acidente com uma de suas alegorias – a parte superior do carro desabou -, o que impediu o transcorrer normal do desfile naquela ocasião.

Esse ano, a escola caxiense sofreu um problema parecido. O último carro alegórico quebrou, ainda na concentração, e comprometeu o restante da evolução, prejudicando, segundo a escola, todo o desfecho da apresentação. O Império Serrano não teve qualquer problema, mas acabou beneficiado com a alteração de regulamento.

– São 25 anos de muitos serviços prestados ao Carnaval. Quem tem amigo não morre pagão – declarou o presidente de honra da Grande Rio, Helinho de Oliveira, antes mesmo da reunião.

Das 12 escolas presentes, somente Portela e Mangueira votaram contra a permanência das duas no Especial. Sendo assim, o carnaval 2019 será disputado por 14 escolas de samba no Grupo Especial do Rio:

Beija-Flor de Nilópolis, Paraíso do Tuiuti, Acadêmicos do Salgueiro, Portela, Estação Primeira de Mangueira, Mocidade Independente de Padre Miguel, Unidos da Tijuca, Imperatriz Leopoldinense, Unidos de Vila Isabel, União da Ilha do Governador, São Clemente, Acadêmicos do Grande Rio, Império Serrano e Unidos do Viradouro.

Última alegoria da Grande Rio, que quebrou na Concentração

Última alegoria da Grande Rio, que quebrou na Concentração


Redação Ziriguidum: contato@ziriguidum.net.br

Foto: Edson Siqueira

Deixe seu comentário